IPIM Big Propal mrec

Conteúdo Patrocinado – Portal para a Cooperação na Área Económica, Comercial e de Recursos Humanos entre a China e os Países de Língua Portuguesa: portal para melhor informação e oportunidades de negócio

Os recursos humanos bilingues ocupam um papel de grande importância nas trocas comerciais, em atividades como feiras comerciais, convenções e exposições, entre a China e países de Língua Portuguesa. No entanto, encontrar alguém com estas competências nem sempre é fácil.

Através da “Base de Dados de Profissionais Qualificados em Chinês e Português” do “Portal para a Cooperação na Área Económica, Comercial e de Recursos Humanos entre a China e os Países de Língua Portuguesa”, esta procura será agora simplificada. Ao mesmo tempo, é importante estar sempre em posição de vantagem e através da página de “Informação Económica e Comercial”, as empresas terão acesso a informações mais recentes sobre as políticas do ambiente de investimento, posicionamento de desenvolvimento e a situação económica na China, nos países de língua portuguesa e Macau, ajudando as mesmas a definir os seus planos de desenvolvimento comercial.

Encontrar os melhores parceiros
No portal, a página “Fornecedores de Serviços Profissionais”, oferece também às empresas a oportunidade de encontrar parceiros mesmo quando oportunidades de negócio estão prestes a desenvolver-se, quebrando assim fronteiras e proporcionando um desenvolvimento conjunto. Os fornecedores disponíveis neste portal são oriundos de várias áreas, incluindo o setor comercial, de serviços, cultural e criativa, industrial e de exposições, sendo por isso possível encontrar contactos de prestadores de serviços na área da publicidade e design, serviços de carga, companhias aéreas, arquitetos, advogados, empresas de contabilidade, consultores, banca, hotelaria, advogados, companhias de tecnologias da informação, de publicações, empresas de utilidade pública, de telecomunicações, seguradoras, entre outras firmas e serviços profissionais relevantes.

A participação em convenções e exposições é uma das opções para oportunidades de desenvolvimento de negócios de uma empresa. Por isso, o Portal disponibiliza um calendário de convenções e exposições relevantes recomendadas para empresas. Para desempenhar melhor o papel de Macau como plataforma entre a China e os países de língua portuguesa, o portal disponiliza ainda uma listagem de todas as atividades a ter lugar na cidade, para empresas e empresários interessados em tirar proveito das oportunidades de negócios no cruzamento do espaço sino-lusófono.

Artigos relacionados

 
 

“O Governo é demasiado lento e limita-se a copiar”

Annie Lao acusa o Governo de ser passivo na proteção do ambiente. A ativista – que lançou uma petição sobre o desperdício de plástico e poluição que reuniu mais de seis mil assinaturas – defende que Macau está muito atrasado. Com 30km2, é a cidade do mundo que produz mais lixo em média por pessoa. 

Previsões para 2019 continuam positivas

Depois do início da guerra comercial sino-americana no ano passado, os líderes dos dois países chegaram pela primeira vez no passado mês de dezembro a um acordo de “cessar-fogo” de 90 dias. Porém, devido aos conflitos ainda existentes a nível político e comercial, a região de Macau, altamente dependente do consumo do Continente, poderá sofrer

“Não pode haver cultura de arbitragem se não existirem casos”

Fernando Dias Simões tem sido uma das vozes que mais se tem ouvido propondo Macau como um centro de arbitragem com foco no relacionamento entre a China e os Países de Língua Portuguesa. Sete anos após ter chegado a Macau, o docente de Direito trocou este mês a Universidade de Macau pela Universidade Chinesa de

Hospital virtual contra a insularidade

A criação de um hospital virtual que garanta o atendimento de doentes de todas as ilhas de Cabo Verde por especialistas, 24 horas por dia, é a grande ambição dos responsáveis do programa de telemedicina no arquipélago. Leia mais em Plataforma Media. Sandra Moutinho 11.01.2019

Mercado de dívida mais internacional

Portugal e Paquistão avançam em 2019 para a emissão de ‘panda bonds’. BNP Paribas tem autorização para investir no mercado. Leia mais em Plataforma Media. Maria Caetano 11.01.2019

Estreito de desentendimento

Apesar do discurso do presidente chinês, Xi Jinping, Taipé recusa termos propostos e diálogo político permanece distante. Governo de Macau dá apoio total à iniciativa do Presidente. Leia mais em Plataforma Media. José Carlos Matias 11.01.2019