IPIM Big Propal mrec

Conteúdo Patrocinado – Portal para a Cooperação na Área Económica, Comercial e de Recursos Humanos entre a China e os Países de Língua Portuguesa: portal para melhor informação e oportunidades de negócio

Os recursos humanos bilingues ocupam um papel de grande importância nas trocas comerciais, em atividades como feiras comerciais, convenções e exposições, entre a China e países de Língua Portuguesa. No entanto, encontrar alguém com estas competências nem sempre é fácil.

Através da “Base de Dados de Profissionais Qualificados em Chinês e Português” do “Portal para a Cooperação na Área Económica, Comercial e de Recursos Humanos entre a China e os Países de Língua Portuguesa”, esta procura será agora simplificada. Ao mesmo tempo, é importante estar sempre em posição de vantagem e através da página de “Informação Económica e Comercial”, as empresas terão acesso a informações mais recentes sobre as políticas do ambiente de investimento, posicionamento de desenvolvimento e a situação económica na China, nos países de língua portuguesa e Macau, ajudando as mesmas a definir os seus planos de desenvolvimento comercial.

Encontrar os melhores parceiros
No portal, a página “Fornecedores de Serviços Profissionais”, oferece também às empresas a oportunidade de encontrar parceiros mesmo quando oportunidades de negócio estão prestes a desenvolver-se, quebrando assim fronteiras e proporcionando um desenvolvimento conjunto. Os fornecedores disponíveis neste portal são oriundos de várias áreas, incluindo o setor comercial, de serviços, cultural e criativa, industrial e de exposições, sendo por isso possível encontrar contactos de prestadores de serviços na área da publicidade e design, serviços de carga, companhias aéreas, arquitetos, advogados, empresas de contabilidade, consultores, banca, hotelaria, advogados, companhias de tecnologias da informação, de publicações, empresas de utilidade pública, de telecomunicações, seguradoras, entre outras firmas e serviços profissionais relevantes.

A participação em convenções e exposições é uma das opções para oportunidades de desenvolvimento de negócios de uma empresa. Por isso, o Portal disponibiliza um calendário de convenções e exposições relevantes recomendadas para empresas. Para desempenhar melhor o papel de Macau como plataforma entre a China e os países de língua portuguesa, o portal disponiliza ainda uma listagem de todas as atividades a ter lugar na cidade, para empresas e empresários interessados em tirar proveito das oportunidades de negócios no cruzamento do espaço sino-lusófono.

Artigos relacionados

 
 

Índios receiam ameaças do novo Governo

Os índios brasileiros temem que se concretizem as promessas políticas do novo Presidente brasileiro, Jair Bolsonaro, de atacar os direitos das comunidades tradicionais. As primeiras medidas políticas para o setor estão a acentuar os receios.  Leia mais em Plataforma Media. Carolina de Ré 18.01.2019 Exclusivo Lusa/Plataforma Macau

“Os portugueses não podem ser só os expatriados”

O novo cônsul de Portugal em Macau e Hong Kong defende a importância dos macaenses e dos chineses com nacionalidade portuguesa. Paulo Cunha Alves não teme a integração da cidade no Continente e olha para o projeto da Grande Baía como uma oportunidade da comunidade e cultura portuguesas se afirmarem. O português, diz, pode ser

O Fringe atinge a maioridade

O Festival Fringe de Macau está a completar 18 anos. Para a vice-presidente do Instituto Cultural (IC), Leong Wai Man, no ano em que atinge a maioridade, o festival quer “fazer emergir a arte na sociedade (…) visando proporcionar ao público novas experiências”.  Leia mais em Plataforma Media. Margarida Sajara Vidinha 18.01.2019

País em contagem decrescente

Depois do período natalício praticamente estagnado – até a recolha do lixo na capital esteve praticamente suspensa – Timor-Leste retomou, lentamente, a atividade com todos os olhos postos no Palácio da Presidência. Leia mais em Plataforma Media. António Sampaio 18.01.2019 Exclusivo Lusa/Plataforma Macau

Mercado de dívida mais internacional

Portugal e Paquistão avançam em 2019 para a emissão de ‘panda bonds’. BNP Paribas tem autorização para investir no mercado. Leia mais em Plataforma Media. Maria Caetano 11.01.2019

Estreito de desentendimento

Apesar do discurso do presidente chinês, Xi Jinping, Taipé recusa termos propostos e diálogo político permanece distante. Governo de Macau dá apoio total à iniciativa do Presidente. Leia mais em Plataforma Media. José Carlos Matias 11.01.2019