musica

“MÚSICA TRADICIONAL” PROMOVE PESQUISA EM TIMOR-LESTE E SÃO TOMÉ E PRÍNCIPE

 

Entidades de quatro países lusófonos – Cabo Verde, Portugal, S. Tomé e Príncipe e Timor Leste – estão a desenvolver o projecto “Música Tradicional”, uma iniciativa para a valorização da música tradicional através do envolvimento das respetivas comunidades e do intercâmbio cultural.

Um dos objetivos fundamentais do projecto passa pelo maior conhecimento das práticas associadas à música tradicional, na medida em que, depende deste, a apropriação e a valorização deste património pelas actuais gerações. Com este propósito, os parceiros locais do projeto, Roça Mundo, em São Tomé, e Arte Moris, em Timor, realizaram uma ação de pesquisa e registo sistemático de músicas tradicionais, por forma a melhor conhecer e preservar os instrumentos utilizados, os repertórios, os actores e as suas práticas culturais.

Os registos fotográficos e fonográficos decorreram, sobretudo, junto da população mais idosa, por forma a recolher um conhecimento que, por norma, é passado oralmente entre gerações. A Oficina da Courela, uma associação cultural com sede na Azaruja (Évora, Portugal) e beneficiária do projeto, foi responsável pela conceção do modelo de investigação aplicado às pesquisas, além de colaborar na organização da informação compilada.

 

Artigos relacionados

 
 

China e Vaticano, da desconfiança à fé

Pequim e a Santa Sé estão de relações cortadas há 67 anos, mas o diálogo foi retomado, confirma o Cardeal John Tong, apesar da nomeação de bispos continuar a ser um obstáculo. Um académico de Hong Kong acredita que esta “poderá ser uma boa altura” para um avanço nas conversações. “O degelo das relações entre

A (in) segurança da lei

A lei de cibersegurança, em consulta pública, pode pÔr em causa princípios da Lei Básica. Especialistas de diferentes áreas deixam o alerta para o perigo da Polícia Judiciária estar entre as entidades supervisoras. Parece um assunto distante e técnico, mas lidamos com a cibersegurança todos os dias. A utilização de meio eletrónicos como o acesso

Caso Sulu Sou continua a agitar justiça e assembleia

O advogado Ho Kam Meng escusou-se a fazer muitos comentários sobre o processo que corre na justiça contra o deputado suspenso Sulu Sou. Para o causídico, o caso evidencia alguns problemas no sistema, designadamente falta de clareza na legislação relativa aos deputados, os quais merecem a atenção da sociedade.  O julgamento do deputado pró-democracia Sulu

Luta contra a sida: tabu esconde principal exterminadora de adultos em idade ativa

Se Moçambique não conseguir controlar a epidemia de sida nos próximos quatro anos, corre o risco de o combate à doença se tornar financeiramente insuportável porque a população continua a crescer a um ritmo elevado, alerta especialista no país. A sida é a principal causa de morte entre os adultos em idade economicamente ativa em

Fim da linha para a Uber em Macau

A Uber parece ter chegado ao fim da linha em Macau, após a recusa do Governo em atribuir uma licença de táxis à empresa e os tribunais terem rejeitado um pedido de suspensão de quase mil multas, cujo valor total pode atingir mais de 23 milhões de patacas. A Direção para os Assuntos do Tráfego (DSAT)

Salas VIP: o perigo mora ali

O criminologista Liu Jianhong alerta para os perigos das salas VIP dos casinos que ainda não são considerados crime. O académico, que ganhou o equivalente ao Nobel na área da criminologia, defende que é urgente estudar a relação entre os espaços e a criminalidade em Macau. O Governo tem de fazer mais, como investir na investigação,